Que programa usar?

Vamos falar um pouco sobre softwares para criação gráfica. É quase certo que os dois softwares mais conhecidos pelo público geral são o Photoshop e o CorelDraw. O primeiro é um editor de imagem bitmap e o segundo um programa de ilustração vetorial. É verdade que um ou outro possui recursos similares ao do outro, mas o foco de cada programa é esse.

 

Para entender melhor, bitmap (ou raster) é uma imagem formada por pequenos pontos (pixels). Qualquer fotografia capturada na internet ou imagem JPG são construídas dessa forma. A qualidade da imagem bitmap depende da resolução (quanto maior a resolução, maior a qualidade). Normalmente como as fotos e imagens na internet possuem uma resolução baixa, é comum, quando impressas, elas saírem desfocadas, pixeladas ou com serrilhas.

 

 

Imagem em Bitmap e sua ampliação: perceba a imagem pixelada 
clique para saber mais sobre imagem bitmap

 

Já as imagens vetoriais são formadas por descrições geométricas e, devido a essa propriedade, são imagens independentes de resolução, podendo ser ampliadas e reduzidas sem perda de qualidade de impressão. Mas, devido a sua característica geométrica, o resultado gráfico das imagens vetoriais são semelhantes a desenhos e ilustrações.

 

 

Imagem em Vetor e sua ampliação, sem deformação. 
clique para saber mais sobre imagem vetorial

 

Após essa brevíssima introdução sobre imagem na computação gráfica, retornamos ao nosso assunto principal – os programas.

 

O Photoshop e o CorelDraw são programas poderosos, profissionais e caros. Por isso nem todo mundo tem acesso a eles. E, como quem não tem cão, caça como pode, terminamos recebendo na Editora diversos arquivos de cartazes e folders criados em Powerpoint ou Word – dois programas bastante poderosos, mas destinados a outros fins.

 

Mas, existem soluções mais adequadas e é o que apresentamos aqui: algumas alternativas de softwares que podem facilitar a criação e manipulação de peças gráficas. E o melhor é não custam nada.

 

- O Inkscape é um programa de ilustração vetorial, similar ao CorelDraw. Apesar de bastante poderoso, é um programa leve, que exige pouco do computador e seu aprendizado não é difícil.

 

- O GIMP é um programa de edição de imagens bastante poderoso e muitos o consideram um verdadeiro concorrente do famoso Adobe Photoshop.

 

- Temos ainda o Scribus, um programa de editoração, como o Adobe InDesign e o PageMaker. Perfeito para diagramar jornais, revistas, livros e apostilas, mas também pode ser usado para criação de cartazes, folders e outros impressos menores.

 

Apesar de terem uma “cara” diferente de seus “primos ricos”, nenhum dos três programas são difíceis de usar. Só é preciso um pouco de dedicação e busca na internet, que está recheada de tutoriais e vídeo-aulas. Eles também contam com diversas comunidades e fóruns que auxiliam novos usuários.

Terminou o trabalho e quer trazer na Editora, ou imprimir em outro computador? Não tem problema, é só salvar seu arquivo em PDF (Inkscape e Scribus) ou JPG (GIMP).